Categoria: Notícias

Ex-jogadora luta contra câncer após 14 anos de exposição ao sol: "Se cuidem"

Sábado, 18 Fevereiro 2017.

Ex-jogadora luta contra câncer após 14 anos de exposição ao sol:

Aos 38 anos, Michelle Peters, a Chell, descobriu o câncer da pele dois anos depois de encerrar a carreira. Brasiliense segue em tratamento e faz alerta aos mais jovens.

Um sinal diferente em cima do nariz fez a ex-jogadora Michelle Peters procurar um médico. Conhecida como Chell no mundo do vôlei de praia, a brasiliense de 38 anos levou um susto quando teve o diagnóstico. A mancha, que crescia gradativamente com o passar do tempo, era um câncer de pele. Semanas depois, diversas outras manchas apareceram no corpo da ex-jogadora, que encerrou a carreira em 2014. Chell iniciava ali a sua luta contra um dos mais comuns tipos de câncer, o qual pode levar o indivíduo à morte se não tratado. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, foram 200 mil novos casos no país em 2016. 

Hugh Jackman "Wolverine" passa por novo tratamento contra câncer da pele e diz: 'Use filtro solar'

Terça, 14 Fevereiro 2017.

Hugh Jackman

Hugh Jackman, o Wolverine, passou por um novo tratamento contra câncer de pele e mostrou uma foto com um curativo no nariz nesta segunda-feira (13).

O ator australiano escreveu: "Outro carcinoma de células basais. Graças a frequentes exames e incríveis médicos, está tudo bem". Ele também recomendou: "Use filtro solar".

Combo de remédios contra câncer da pele agressivo Melanoma chega ao Brasil

Sexta, 03 Fevereiro 2017.

Combo de remédios contra câncer da pele agressivo Melanoma chega ao Brasil

A união de dois medicamentos modernos contra o melanoma — o tumor de pele mais mortal — aumenta a sobrevida e melhora o bem-estar. 

Embora mais raro do que outros tipos de câncer da pele, o melanoma é o que mais preocupa os oncologistas por sua agressividade. Quando não diagnosticado precocemente, a taxa de sobrevivência após cinco anos não supera os 20%.

A boa nova é que, recentemente, uma série de novas drogas vêm sendo testadas com sucesso contra essa doença. E, agora, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso conjunto de duas delas — o trametinibe e o dabrafenibe, da farmacêutica Novartis.

Software identifica câncer de pele tão bem quanto médicos

Sexta, 03 Fevereiro 2017.

Software identifica câncer de pele tão bem quanto médicos

Um programa de computador surpreendeu os cientistas por sua eficácia em detectar o tipo de câncer com maior incidência no Brasil.

Criado por pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, esse programa usa inteligência artificial para identificar quais lesões cutâneas merecem mais atenção dos médicos. O funcionamento é simples: com uma foto, o software consegue detectar se uma mancha ou pinta deve ou não ser investigada.

Bebê de 3 meses é internado após usar filtro solar da 'Peppa Pig'

Quarta, 04 Janeiro 2017.

Bebê de 3 meses é internado após usar filtro solar da 'Peppa Pig'

Hoje me deparei com a notícia abaixo e fiz alguns questionamentos...

Bebê de 3 meses é internado após usar filtro solar da 'Peppa Pig'.

Uma mãe, na Austrália, diz que um protetor solar fator 50 da Peppa Pig causou uma erupção terrível em seu bebê de 3 meses que precisou ficar internado por duas noites. Jessie Swan disse que o filho não estava no sol, apenas ao ar livre: “Não compre esse protetor solar. Ele não estava no sol, ele estava simplesmente ao ar livre”, afirmou a mãe ao divulgar a foto do menino nas redes sociais. O caso teve muita repercussão, e outros pais afirmaram que os filhos tiveram reações ao produto, mas nenhuma tão severa.

Após ler a matéria, fiquei me perguntando:

Vinho branco é associado ao aumento em 13% do risco de câncer de pele

Quarta, 14 Dezembro 2016.

Vinho branco é associado ao aumento em 13% do risco de câncer de pele

De acordo com um novo estudo, tomar uma taça de vinho branco por dia aumenta em 13% o risco de melanoma, a forma mais letal de câncer de pele.

Um novo estudo sugere que o consumo de álcool, mesmo em quantidade moderada, aumenta o risco de melanoma - a forma mais letal de câncer de pele.

O consumo de álcool já foi relacionado a alguns benefícios, mas também a prejuízos para a saúde. Entre os riscos, o mais grave talvez seja o desenvolvimento de diversos tipos de câncer. Agora, um estudo publicado recentemente no periódico científico Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention aponta para a associação entre a ingestão de bebida alcoólica, mesmo de forma moderada, e o aumento da probabilidade de um tipo inesperado de tumor: o melanoma – a forma mais mortal de câncer de pele.

Câncer da pele continua sendo o mais comum entre brasileiros

Quinta, 01 Dezembro 2016.

Câncer da pele continua sendo o mais comum entre brasileiros

O câncer de pele é o tipo de câncer mais comum na humanidade. No Brasil, com alta incidência solar durante todo ano, ele se torna ainda mais frequente.

O principal fator de risco deste tipo de câncer é o tom da pele. Pessoas de pele muito claras estão mais suscetíveis, principalmente aquelas que ao se exporem ao sol e não se bronzeiam, ficam vermelhas. Nos indivíduos negros, a doença é mais comum nas partes brancas do corpo, como as palmas das mãos e plantas dos pés ou sob as unhas.

Filtro solar de café

Quarta, 16 Novembro 2016.

Filtro solar de café

Depois que pesquisadores da Universidade Harvard descobriram que o café pode estar associado na prevenção do tipo mais comum de câncer de pele por ser alimento antioxidante, agora um grupo de pesquisadores brasileiros está desenvolvendo um protetor solar à base de café, com maior fator de proteção.

Alertado por fã, nadador medalhista da Olimpíada do Rio de Janeiro descobre câncer maligno de pele

Terça, 01 Novembro 2016.

Alertado por fã, nadador medalhista da Olimpíada do Rio de Janeiro descobre câncer maligno de pele

A fã verificou através de fotos registradas nas competições que a mancha havia mudado ao longo do tempo.

O nadador australiano Mack Horton, ouro nos 400m nado livre nos Jogos Olímpicos do Rio, foi alertado por uma fã sobre um melanoma. Ela percebeu que o atleta, de apenas 20 anos, estava com uma pinta suspeita no peito. Ela verificou através de fotos registradas nas competições que a pinta havia mudado ao longo do tempo. 

Estudo diz que Aspirina pode prevenir o melanoma em mulheres

Quarta, 26 Outubro 2016.

Estudo diz que Aspirina pode prevenir o melanoma em mulheres

Uso regular da droga reduz em até 30% as chances do câncer de pele

Um novo estudo desenvolvido pela Faculdade de Medicina da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, descobriu que o uso regular de ácido acetilsalicílico, mais conhecido como aspirina, pode diminuir o risco de mulheres desenvolverem o tipo mais agressivo de câncer de pele, o melanoma - que pode resultar em metástase. Os resultados foram publicados no periódico Cancer, da Sociedade Americana de Câncer.

Are you looking for the best website template for your web project? Look no further as you are already in the right place! In our website templates section you will find tons of beautiful designs - for any kind of business and of any style. You are in a unique place - join us today BIGtheme NET